top of page
  • @pneumopedpaula

É BEM MAIS QUE UMA “GRIPEZINHA...”

Atualizado: 8 de jun. de 2020


1- O que são vírus? A palavra vírus vem do Latim e significa fuido venenoso ou toxina (Dicionário Aurélio). Vírus são pequenos agentes infecciosos, microscópicos (não conseguimos enxergar a olho nu), capazes de entrar na célula e se replicar em milhares dentro de poucas horas. 2- Qual é a diferença de resfriado e gripe? Apesar de ambos serem causados por vírus e acometerem as vias aéreas superiores, apresentam algumas diferenças: Resfriado: sintomas mais leves, como coriza, espirros, tosse. Gripe: sintomas mais graves, como febre maior que 38ºC, tosse, dores de garganta e no corpo e mal-estar geral. 3- Como andam os números do Coronavírus-19 (COVID-19)? Cabe lembrar que os números não são precisos (exatos), uma vez que há muitas pessoas que têm o vírus, mas são assintomáticas (não apresentam sintomas), portanto, não entram nessa estatística, apesar de serem transmissores do COVID-19. NO MUNDO (dados atualizados no dia de hoje, 26/03/2020, pela Organização Mundial de Saúde): Casos confirmados: 462.684. Óbitos (mortes): 20.834. NA ITÁLIA (dados atualizados no dia de hoje, 26/03/2020, pela Organização Mundial de Saúde): Casos confirmados: 74.386. Óbitos: 7.505. NO BRASIL (dados atualizados no dia de hoje, 26/03/2020, às 15h, pelo Ministério da Saúde): Casos confirmados: 2.915. Óbitos: 77. 4- E o que as entidades estão orientando? Os Conselhos Federal e Regional de Medicina do Rio grande do Sul; as Sociedades Brasileiras de Pediatria, Pneumologia e Tisiologia, Infectologia, Geriatria e Gerontologia; entre outras, reforçam as orientações do Ministério da Saúde e das novas publicações científicas, que são a melhor maneira a seguir, através da experiência e de estudos feitos com pacientes de outros países que também enfrentam o COVID-19. 5- Eu ainda tenho dúvidas se devo ou não ficar em casa, o que faço? - Fique em casa porque PERMANECE sendo a melhor forma de evitar a contaminação e a disseminação do vírus (pegar e passar o vírus aos outros). - Esta é a mais grave crise na saúde pública do Brasil. - As equipes de profissionais de saúde SE EXPÕEM e trabalham dia e noite para enfrentar o COVID-19 e cuidar dos pacientes. - Mantenha-se informado pelos órgãos, como Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde, Conselhos de Medicina, Sociedades Brasileiras de Pediatria, Pneumologia e Tisiologia, Infectologia, Geriatria e Gerontologia, entre outras especialidades médicas, pois os profissionais destas áreas estão trabalhando intensamente para garantir a melhor conduta, baseando-se em exemplos do que ocorre no MUNDO e de estudos científicos que são a maneira mais correta para orientar o que deve ser feito pelas pessoas. OBSERVAÇÕES:

- Pessoas sem sintomas transmitem o vírus, por isso também devem ficar em casa. - Grupos de risco são aqueles formados por pessoas com mais chance de ter o COVID-19. - - Além dos idosos (maiores de 60 anos), há muitos outros com grande risco, como imunodeprimidos (pessoas com imunidade mais baixa) e pessoas com doenças crônicas, por exemplo. - Se as pessoas tiverem saúde, recuperarão a crise econômica; se morrerem, será impossível. - O planeta não teria parado, se fosse “só uma gripezinha ou resfriadinho.” Fontes: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) Conselho Federal de Medicina (CFM) Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (CREMERS) Ministério da Saúde (MS) Organização Mundial de Saúde (OMS) Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) #sigaemcasa #naosaia #naoseexponha #isolamentosocial #evitemortes #facaasuaparte #covid19 #covid19mata #coronavirus #virus #pandemiamundial #evidenciacientifica #artigos #protocolos #portarias #saude #anvisa #conass #entidadesmedicas #cfm #crm #ms #oms #sbi #sbgg #sbp #sbpt #ministeriodasaude #gripe #resfriado #pneumopedpaula As informações podem ser atualizadas diariamente, conforme as novas evidências científicas publicadas.

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page